MOTOCROSS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. .

Motocross (frequentemente encurtado para (MX) ou MotoX) é uma modalidade desportiva de motovelocidade, praticada sobre motocicletas de estilo off-road, são várias as categorias do Motocross, como: ArenacrossTrial e Enduro.

As Competições de motocross são geralmente realizadas em pistas fechadas com distâncias que podem chegar a 1,5 km, essas pistas incorporam características naturais do terreno com quantidades variadas de saltos, costelas (sequência de lombadas e pequenos morros) e curvas. No Supercross a distância dos saltos é maior que as de pista de motocross.

As corridas de motocross ocorrem tradicionalmente em terreno molhado. As provas são divididas em varias categorias, onde grosseiramente podemos dizer que são amadores e profissionais, nas provas realizadas pelos profissionais as baterias podem durar até 20 minutos, nas baterias amadoras 10 a 12 minutos. A sinalização em uma prova de motocross ocorre geralmente por placas ou bandeiras, cada cor de bandeira tem um significado:

- Bandeira xadrez (ou quadriculada): Fim de prova;

- Bandeira amarela: Perigo logo a frente. Proibido ultrapassar. Reduza a velocidade;

- Bandeira listrada em amarelo e vermelho: Proibido ultrapassar e saltar. Reduza a velocidade. Acidente particularmente grave;

- Bandeira azul: Dê passagem (o retardatário) a uma moto mais veloz que quer ultrapassar;

- Bandeira verde: Pista livre para iniciar processo de largada;

- Bandeira vermelha: Corrida paralisada devido a problemas meteorológicos ou acidentes particularmente graves impossibilitando a continuação da corrida;

- Bandeira preta: Desclassificação do piloto ao qual foi indicada;

- Bandeira branca: aberta a última volta ;

 

 

- Placa Stop and Go: Sera indicado na placa o numeral e o tempo de penalização em segundos do piloto a ser cumprido no pit-lane.

As corridas de motocross são ricas em imagens, o esforço dos pilotos em ultrapassar seus limites e de suas motos, em cada curva aumentando a velocidade e em cada salto adquirindo mais altura, faz desse esporte uma imã para quem assiste e não deseja perder uma imagem.

O esporte tem evoluído muito na década de 1990, recentemente mesmo ainda sendo um esporte de alto custo, mas as facilidades que vem se encontrando recentemente para aquisição de motos e pistas para treinamento. As motos de entrada para o esporte, que inicialmente as crianças iniciam acima de sete anos de idade, são as motos 50cc.

 Motos 

Diversas motos são fabricadas exclusivamente para as competições de motocross, possuem geometria e suspensões especiais para resistir às imperfeições do terreno, os pneus usados têm forma diferenciada para poderem aumentar a tração das motos nos terrenos molhados e gradeados. Os motores podem variar de 2T e 4T, os motores 2T foram muito utilizados algumas décadas atrás devido a facilidade de manutenção e pouca tecnologia existente na época, ofereciam alto torque em baixa e media rotação, os motores 4T mais modernos e usados recentemente possuem alta tecnologia, são projetados para oferecer a máxima potência possível, possuem ampla faixa de torque em média e alta rotação.

As máquinas de solo têm os motores variando entre 50cc a 550cc. Nos anos adiantados dos motocross, a classe 500cc foi considerada a divisão do premier. Entretanto, enquanto a tecnologia progrediu, as máquinas abertas da classe tornaram-se mais poderosas e poucos pilotos podiam montá-las em seus limites. As motos 250cc tornaram-se também mais rápidas com tecnologia mais nova e se tornaram mais popularizadas, eventualmente superando as motos 500cc e transformaram-se na classe de maior competitividade.

A distinção mais comum entre máquinas dos motocross é sobre os motores, se é dois tempos ou quatro tempos (four-stroke). Originalmente (década de 1960) todas as motos eram quatro tempos, porém o motor de dois tempos evoluiu, tornado-se mais popular na década de 1970 até 2000. O motor de dois tempo produz mais explosão do que um motor quatro tempos da mesma cilindrada, porém o combústível é misturado com o óleo dois tempos, o que o torna mais poluente. Para laguns, o quatro tempos continua a ser atualmente a melhor escolha, principalmente no MX3. Devido à legislação ambiental uma geração nova de four-stroke foi introduzida na década de 1990 como a Yamaha YZ400. O esporte tinha adotado pela maior parte do tempo o quatro tempos no lugar de dois tempos, embora fosse usado ainda extensivamente e construído ainda por fabricantes. Estes esforço entre dois e quatro tempos despertaram tensões entre os fabricantes, com muitas rivalidades entre competidores para provarem quais os melhores.

Os materiais de pouco peso tais como o alumíniofibra de carbono e magnésio geralmente são usados como o equipamento original da fábrica ou vendidos no after-market.

Por causa da natureza física do motocross, os pilotos se esforçam fisicamente para absorver choques com seus joelhos, braços, pescoço e tronco. O assento longo e liso (sem degrau) é projetado permitir que os pilotos desloquem seu peso rapidamente para fornecer mais tração na posição escolhida, o que o torna desconfortável fora de seu uso proposital.

Muitos pilotos, modificam suas máquinas para melhor desempenho e para ter o comportamento da moto de acordo com suas próprias preferências ou apenas para a apreciação.

As competições  frequentemente (mas não sempre) são classificados de acordo com o tamanho do motor da sua máquina. 

Hunting journal for man

3ª ET TABATINGA 60512 (17)
3ª ET TABATINGA 60512 (27)
3ª ET TABATINGA 60512 (126)
3ª ET TABATINGA 60512 (2)
3ª ET TABATINGA 60512 (76)
3ª ET TABATINGA 60512 (124)
3ª ET TABATINGA 60512 (90)
3ª ET TABATINGA 60512 (104)
3ª ET TABATINGA 60512 (88)
3ª ET TABATINGA 60512 (5)

Eventos do mês

Julho 2014
Do Se Te Qu Qu Se
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31
Ver agenda completa

Motociclismo - Últimas Notícias

Motociclismo - Últimas Notícias

  • Feliz dia do Motociclista!
    Hoje, dia 27 de julho, é Dia do Motociclista. Uma data para celebrar, relembrar e refletir, afinal, sobre uma motocicleta, além dos prazeres, temos de ter muitas responsabilidades.
  • Teste: Honda XRE 300
    Avaliamos a polivante XRE 300 C-ABS, vencedora do Moto de Ouro 2014 na categoria trail, em ritmo de superteste, com diferentes condições de uso, muita chuva e diversão fora do asfalto!
  • Teste: Harley-Davidson Ultra Limited
    A mais confortável das Harley-Davidson ganhou mais comodidade, tecnologia embarcada e um motor de arrefecimento misto a ar e água. Saiba como ela se saiu em nosso rigoroso teste!
  • Agenda MOTOCICLISMO
    Confira quais são os próximos eventos, encontros, cursos e competições para fãs do motociclismo
Hunting for men